Parador La Huella – O programa mais clássico de Punta.

Parador La Huella  Calle de Los Cisnes, 20402 José Ignacio

La Huella Externo

{ Parador La Huella, parte externa – foto. }

A dica de hoje é bem básica para quem já conhece, mas para quem não conhece é essencial! Não existe ir a Punta del Este e não ir no La Huella – que na verdade fica em José Ignacio. Confuso?

Já falei um pouco sobre José Ignacio nesse primeiro post de Punta onde falei um pouco dos balneários/bairros e onde ficar. E também tem alguns takes do La Huella no vlog de Punta de Este.

La Huella Mesa

{ Nossa mesa um dos dias! No meio, o polvo e lulas. }

O La Huella é o parador de praia mais famoso alí das praias da região, e o mais agitado. Nunca morre, mesmo fora de época! Provavelmente o único. Os donos são em três, mas no dia a dia você vê o Martín Pittaluga, uma figura – normalmente de calça colorida e camisa andando pelo restaurante, certificando agilidade e falando com os garçons.

La Huella New Style Sashimi e Provolone

{ Sashimi New Style a frente. No fundo, provolone. }

Apesar de ser um parador de praia, é realmente um restaurante. Não acaba sendo daqueles que as pessoas vão para a praia e voltam, ou tomam sol… Em vez disso, espere muito vinho, pratos simples porém maravilhosos e de vez em quando uns charutos rolando. O clima é realmente sensasional, o ambiente é rustido mas bem clean. As pessoas estão sempre curtindo, papeando, bebendo e relaxando. Mesmo assim, o traje é bem praia… maiôs com saias, saídas longas em cima de bikinis, shorts e batas, chapéus, óculos… O uniforme mascúlino é bermuda ou shorts de piscina e camisas, principalmente de linho. Mas camiseta também vale. Só não adianta querer entrar sem camiseta, só de bikini e etc…

[foogallery id=”1666″]

  { Meus looks no La Huella. }

É com certeza o principal point de anos de Punta, e concorrido de acordo.  No fim do ano, é bem difícil conseguir algo sem reserva, a não ser que esteja em dois ou três pode haver chance. No entando, mesmo com reserva já pode ser um pouco frustrante, então acho que não custa nada. O restaurante trabalha com dois horários de reserva, 13h ou 15h30. Você pode marcar as 15h no site mas na verdade será 15h30. E pode ser que você tenha que esperar. Apesar do horário das 13h ser mais sem perrengue, é muito cedo para Punta. Isso significa sair do hotel meio-dia, meio-dia e pouco…. Considerando que tudo é tarde lá, seja jantar ou balada, acho que é sempre mais gostoso o segundo horário. Outro aviso importante é que, não sentam a mesa sem estar todos lá. Se a reserva é para 10 e vai 10, não adianta chegar 8 e querer sentar. Para dizer a verdade já consegui uma vez, mas se for tentar não adianta estressar, já avisei!

La Huella Pulpo

{ Lulas. }

Duas curiosidades: a febre do Cleriquot (bebida a base de vinho e frutas) entre os brasucas começou aqui em Punta, e principalmente aqui no La Huella. Isso provavelmente estou falando de 2010, ou até antes. Outra curiosidade, que é mais uma “aulinha”… As pessoas tendem a achar que la huella significa “a onda”. Na verdade, la huella é “a pegada”, como a marca do pé na areia… “A onda” seria la ola. #AdeusPortunhol

La Huella Salada com Presunto Cru

{ Salada com Presunto Cru}

Sobre a comida, o legal é pedir e compartilhar. De entradinhas amamos a lula na chapa (Chipirones a La Plancha), que é feita no azeite e acredito que paprica e é maravilhosa; o polvo (Pulpito) e a torta de queijo de cabra e cebola caramelizada (Tarta de cebolla). Ainda sempre pedimos sashimis e sushis, que apesar de não serem nenhum peixe especial, são super frescos. Apesar de não ter costume de frituras, já estive com gente que pediu tanto camarão quanto lula e Brotola (um peixe branco da região) empanados e fritos e foi a sensação também.

La Huella Sushi e Rolls

{ Japinha! O Atum é maravilhoso. }

Os principais são muito bons, mas depois dos abre-bocas e com o que tem por vir de sobremesa, eu sugiro compartilhar. As vezes não pedimos principal e ficamos no passo anterior, mas se é a primeira vez acho que é legal provar. Eu amo a Brotola deles, um peixe branco alto e macio. Tem também a Corvinia, um peixe inteiro mais fino que vem da churrasqueira e é um prato lindo, mas prefiro a outro opção. Já comi entrecôte lá também, mas sugiro fortemente o peixe. Também é famoso o filé a milanesa deles. De acompanhamento para todos você pode escolher batata frita, purê, salada… mas eu sugiro muito os vegetais na parrilla (churrasqueira)! Sinceramente, onde tiver vegetais assim no Uruguai pode pedir! Especialmente se tiver abóbora. É incrível como eles conseguem caramelizar no forno e deixar tão boa e saborosa!

La Huella Tarta e Pulpo

{ A torta de queijo de cabra e cebola caramelizada e mais uma vez, as lulas. }

Por último, a famosa sobremesa… O Vulcano de Dulce de Leche.  Um petit gateau bem grandinho com muito doce de leite, servido com um sorvete de banana que eu acho incrível. Também tem o Vulcano de chocolate, que eu particularmente amo – um pouco mais amargo que doce, mas não é tão famoso!

La Huella Vulcano de Dulce De Leche

 {Vulcano de  Dulce de Leche com sorvete de banana }

Tenho certeza que esse programa TODOS vão amar. Nesse final de ano fui com um grupo de amigos, depois com outro, depois com família… é para todos os gostos!  Quem conhece?

E agora CLARO, lookinhos!

La Huella 01 copy

{ green day: bikini parte de baixo + parte de cima + saída + óculos + rasteiras. }

La Huella 02 copy

{ back in black: óculos + vestido + espadrilles + chapéu + bolsa. }

La Huella 03 copy

{ being cute: shorts + blusa + rasteira + bolsa + chapéu }

Por último, cuidado com bebida e direção. Fique atento principalmente em épocas mais cheias que tem sempre uns turistas barberinhos dirigindo de qualquer jeito. E também saiba que tem muita polícia nessa estrada, e conheço muita gente que teve que fazer bafómetro, chamar alguém que não bebeu até lá para buscar o carro, tiveram documento confiscado e tiveram que ir pagar multa em outro local para reaver o documento e poder sair do país. Aproveitem com responsabilidade!

IN A FEW WORDS: What makes La Huella the most covet beach restaurant in the Uruguayan riviera? The vibe, the view, the people and the food. Do make reservations and understand that sitting time is usually 1pm and 3.30pm, meaning anything in between that will be pushed to 3.30pm. Enjoy the wine, order to share and taste as many dishes you can. Dress for the beach but don’t expect to actually go there – not during the lunch at least, maybe after or before. By the end of the day, watch out on your way back to Punta if this is where you are heading – drinking and driving can go bad with lots of lost tourists driving mindless AND the police watching! 

xxx BK.

COMPARTILHE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *